#aleatoriedades

Acorda. Arruma a cama. tenta não pensar. O que está errado? Tanto faz. Toma café. Uma. Duas. Três colheres de açucará de coco. Não engorda. Oi, tudo bem. Cara de tédio. Almoço de sempre. Nunca fui de cozinhar. Esconde a lágrima. Limpa a lágrima. Borra a maquiagem. Tenta não amar. Tenta ser gelada. Frio de mais é ruim.

Trabalho. Faculdade. Jantar sem graça. Treina. Emagrece. Engorda tudo. Eu estou tentando. Suficiente? chora. Grita. Por que? de novo. Tudo gira. Não quero mais. Quero. Odeio. É mentira. Não acredita. Acredita. Mais um pouco morre. Eu morro. Escreve. Põe pra fora. Sem criatividade. Chora. Pragueja. Se pergunta. Eu sou tão ruim? Eu estou tentando. Mais um pouco. Não surta. Já surtei. Cabeça explodindo. Confusa. Doí. Está doendo.

Mais um dia. Um pouco por dia. Chove. Faz sol. Ainda está confuso. Amanhã melhora? tenta de novo. Limpa a a lágrima. Abraça o travesseiro. Finge que está tudo bem. Não está nada bem. Conserta a maquiagem. Conserta o buraco no peito. Não conserta. Não dá. Mas você precisa.  Você precisa tentar.

2 comentários em “#aleatoriedades

  1. Sim, a gente precisa tentar.
    Estamos vivendo momentos parecidos, tenho certeza que a incerteza não é pra sempre.
    Desejo muito mais açúcar nesse café de todo o dia, e jantares recheados de momentos incríveis.
    Fica bem, tô aqui mesmo longe.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s