#aleatoriedades: O teatrinho acabou de vez

Quantas vezes eu me peguei pensando sobre o que eu estava fazendo ali. Eu não conseguia contar porque nunca sabia de onde tinha parado. Eu me perguntava todos os dias quando aquelas malditas lágrimas iriam embora. Até os meus pensamentos eram trancafiados dentro de mim por medo de abri-los e ser julgada até onde não podia mais.

Então eu entendi que ninguém nos aprisiona, nós fazemos isso. Depois que o teatrinho acabou e cada um foi dormir em sua cama, a ficha cai e você entende que nunca deveria ter colocado os seus pézinhos ali. Engraçado é que leva tempo, leva muito tempo. Mas calma garota, um dia você percebe. E o melhor acontece. E você se torna sua de verdade.

Sua em seus pensamentos, sua em suas safadezas, sua em cada partezinha que seu corpo pode alcançar. Mas ao mesmo tempo você pode ser de um, de outro, de todos. Entende agora? Você se pertence, não é monopólio de ninguém 😉

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s