#Aleatoriedades: Diga a ele

Então diga a ele que eu não pude ficar, o meu mundo é tão vasto e que ele não vai me alcançar. Eu quero mais do que promessas quebradas de um vazio de mentiras.
Diga à ele para poupar papinhos furados, ir direto ao assunto, o meu destino nunca pertenceu a ninguém e eu cansei de recolher cada pedaço depois de se quebrar.

Então me desculpe se aquela história sobre amor não colou, é que eu sou prevenida demais para por meus pés onde só há tristeza, e convenhamos que o seu coração não é bom o bastante para dar a alguém. Acabou e a mascara caiu, todo mundo já sabe. Mais uma vez as memórias boas não foram suficientes para me fazer ficar.

Diga à ele que eu comecei me encantando pelos motivos certos, mas pelo cara errado. Diga que eu queria ter um sonho bom, mas para o tipo de sonho que ele proporciona, eu já estou acordada a séculos.

E por fim, diga à ele que o meu mundo é tão grande que eu consigo me perder dentro dele, que tenho rachaduras dentro de mim mas que vou sobreviver. Que  tudo que eu tenho dentro de mim é tão incrível e que todas as suas atitudes foram tão inúteis que nem um sorriso ele conseguirá tirar do meu rosto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s