#Aleatoriedades: Vamos lá, amigo.

Vamos lá, põe uma dose de vodca e duas de ilusão para acompanhar. Faz isso de novo e me poupa o desgaste de tentar,  é mais fácil e evita a fadiga. Porque você sabe que eu fantasio demais pra continuar nesse marasmo. Eu preciso me alimentar da imaginação que me permite sonhar com o príncipe encantado, certo? Chegou de lamentar.

Eu queria idealizar, e no final, acabou com tudo o que eu tinha por dentro. Coitadinha dela, tão nova. Então pare para pensar, não valeria tanto a pena continuar com o plano, certo? Eu sinceramente cansei de te falar o quanto eu estava dedicada a tentar. Não deu, próxima rodada, por favor.

Eu lembrei de tudo à toa como sempre, pobre garotinha deslumbrada. Eu tenho certeza que você pensou isso. Mas vamos planejar de novo, porque eu gosto de me martirizar de vez em quando só para me tirar do tédio. Eu sou poeta, sabe, e nós temos que sofrer calados, beber calados, para ter o que escrever afinal. Ah, eu sou dramática também. Bem mais do que quando você me conheceu, ou não conheceu, tanto faz.

Três doses de vodca e eu já estou cheia de ilusões, mas eu não vou te ligar. Eu vou fingir que nada aconteceu e continuar. E quer saber, vai tudo se apagar daqui a alguns meses e vamos ser somente lembranças de algo inacabado que ninguém teve culpa, ou teve. Só mais duas pessoas que agora dormem separados em camas frias, e que uma cansou de tanto se importar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s