Passado fica no passado

Você me trouxe de volta como se soubesse que eu precisava de salvação. Eu tentei disfarçar a euforia, mas você conhece o meu jeito desastrado de sempre. Dessa vez eu não procurei algo em você que me lembrasse de alguém, eu já estava farta de viver de passado.

Então a sua mão se encaixou na minha cintura e eu queria que ela nunca saísse dali. Eu me encontrei no meio da minha própria bagunça, que sorte. Você me mostrou que eu poderia ressuscitar quantas vezes eu quisesse. De novo e mais uma vez. Mesmo com um coração quebrado aquela sensação era de estar viva de novo. E eu estava.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star