Do jeito que você deixou

Eu ainda não preenchi aquele vazio que você deixou. E eu juro que eu tentei de tudo.
Duas os três bebidas fortes no começo, outras piores mais tardes. Sai do corpo e voltei várias vezes, isso não bastou. Eu sinto todos ecos dentro desse vazio, e então eu chego ao meu limite todos os dias.

Eu tenho sentido tudo e nada ao mesmo tempo, e toda a minha empatia vem se esgotando devagar. Tão fora do equilíbrio que eu mal me reconheço, eu mudei cada centímetro em troca de um nada tão grande que me perdi dentro dele. Nunca vai preencher, você nunca mais vai preencher, ele vai continuar intacto. Do jeito que você deixou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star