#Aleatoriedades: Não lembra, lembra!

Acorda. Tenta levantar da cama e falha. Mais uma vez. Senta na beirinha. Respira fundo. Um pouco de café amargo para por tudo no lugar. Não adiantou. Olha no espelho. Tudo sem graça. Volta para a cama. Tenta não lembrar. Lembra. Não quero. Procura por uma mensagem no celular. Não tem. Joga de lado. Tenta se distrair. Música alta não tira a dor. Mas vamos lá. Só mais um dia, mulher. Revira os olhos. Nada de novo, voltamos para a estaca zero. Sem borboletas no estomago. Sem frio na barriga. Sem alegria matutina. Sem nada. Não pensa. Não digita. Quantos nãos eu já falei hoje. Chega. Come porcaria que alivia. Um, dois, três brigadeiros de uma vez.  É mentira, não alivia. Vai para uma festa, então. Bebe igual gente grande. I gotta stay high all the time. Ver tudo girar pelo menos faz esquecer. To keep you off my mind. A dor passou afinal. Vai demorar, mas vai esquecer.
Ninguém é de ferro.
E Ninguém é para sempre.

#YT: Testando a GOPRO Hero 5 embaixo d’água

Vídeozinho curto e foto para testar a GOPRO Hero 5 debaixo d’água e o resultado foi bem melhor do que o esperado. Nunca lidei com esse tipo de câmera, mas ela está me surpreendendo e muito. Me contem o que acharam do vídeo e da câmera também 😉 Curta, deixa um comentário e se inscreva!!

#Aleatoriedades: Sobre meus arrependimentos, ou não…

Uma vez eu fiz um desafio de Facebook onde selecionei sete conselhos que eu daria para a Kamila de 15 anos. Vou trazê-los para o meu blog, quem sabe que eu não posso ajudar alguém que está com problemas, não é?

Então vamos lá:

1. Esquece, todos os seus amigos de hoje não vão dar a mínima importância para a sua existência daqui a alguns anos. Não se desgaste em tentar ser o que você não quer, ou correr atrás de alguém que não merece sua amizade. Com o tempo você vai ter tantas pessoas boas ao seu lado, tantas pessoas que serão seus amigos por amor, e não só por conveniência.

2. Seus pais são o seu maior bem. Não brigue, não discuta, apenas tente conversar. Eu sei que eles são de outra época, mas eles tentam te dar tudo o que você merece, o melhor deles. Vai ser pior com o tempo, vão ficar ainda mais no seu pé, mas vai melhorar.

3. Viva os seus próprios momentos! Não se importe se você é da tribo punk, das bruxas, dos emos e todo mundo debocha de você. Acredito hoje que eles só queriam ser como você, pois afinal, eles começaram a gostar das mesmas bandas que você depois de um tempo.

4. Você não vai casar com o carinha que você gosta, pode desistir. Vai doer, vai ser difícil, vai ser chato para caramba e vai demorar para passar. Mas você vai entender com o tempo que você é sua melhor companhia, vai dançar horrores em baladas, não vai se prender a ninguém, vai aproveitar sua vida e só depois vai pensar em namoros.

5.  Menina, cante bem alto todas as músicas que você mais ama! Não pense em julgamentos, não ligue para os outros e sempre, sempre seja você mesma. Não tente agradar ninguém, jamais!

6. Curta muito o período escolar. Sei que parece bem bobo, mas você vai sentir falta dos momentos mais preciosos com seus amigos e consigo mesma. Aproveite cada almoço com os amigos, cada passeio no shopping, cada filme e cada festinha de aniversário. Passa tão rápido que num momento você pisca e já está fazendo 18 anos, e o tempo passa tão rápido depois dessa idade.

7. Aprenda a se valorizar, a gostar de cada partezinha de você. As vezes todo mundo parece muito cruel, muito banal e você pode pensar em desistir. Mas respira fundo, abrace aquela pessoa que você mais ama, e curta os momentos de felicidade com todo mundo. Você não imagina a falta que isso fará para você, então aproveita!

Só agora eu entendo as delícias e experiências maravilhosas que temos quando somos jovens. Cresci nos anos 90/2000 e por mais que passar por tudo tivesse sido menos agressivo que hoje, na nossa cabecinha de adolescente é tudo tão grande. Eu espero que tudo isso passe rápido, mas que você aproveite ao máximo tudo o que a vida te proporcionar! ❤

#Aleatoriedades: Aquela lista, sabe…

Ouvi de longe um barulho enquanto tomava um copo de água do lado de fora de casa. Eu não corri para ver a mensagem, eu já sabia que não era você. O dia tava tão lindo que eu não pude deixar de sentir o sol por um minuto tocando minha pele antes de me decepcionar pela centésima vez diante de uma tela digital.

Eu não gosto do jeito que trato as coisas que nem deveriam fazer a mínima diferença pelo pouco tempo de duração. Eu não gosto dessa pessoa que eu vejo quando olho pelo lado de fora, tentando encontrar maneiras de fazer com que você sinta a minha falta.

Porque lá no fundo, mesmo com o meu orgulho ferido, eu ainda quero tomar café na sua varanda, quero andar no seu carro pequeno ouvindo músicas que eu sempre detestei enquanto você zomba das minhas. Eu quero continuar te vendo em cima de mim porque esse angulo te favorece, e você me olha como se seu coração fosse explodir. Eu não quero esquecer e ter que te colocar na minha lista de caras ruins.

Ouvi aquele mesmo barulho de mensagem durante o banho. O barulho interrompeu a minha música favorita, o que me incomodou um pouco. Eu não corri para ver o que era pois mais um vez, eu sei que não era você. E eu vou acabar esquecendo, como aconteceu antes, e você vai ser reduzido a mais um cara ruim de uma lista que toda mulher carrega em sua cabeça. Será somente um cara que eu simplesmente esqueci.

#FashionTip: Coleções de outono chegando, e junto um pequeno detalhe…

…um pequeno detalhe que faz toda a diferença na hora que pagar os boletos, não é? Pois então pessoal, as “Fast Fashion” brasileiras já estão lançando suas coleções de outono e a notícia é ruim. Por mais que as peças são lindas de morrer, muito bom gosto e estilos diferentes, os preços aumentaram consideravelmente.

Eu trabalhei em loja de marca durante um tempinho e na minha época só marcas grandes cobravam muito caro por suas peças, lojas como Riachuelo, Renner e C&A mantinham um preço muito bom em relação a todas as outras lojas. Era exatamente o que fazia a diferença e o público se interessasse.

Mas infelizmente o que temíamos esta acontecendo. Nestas coleções de outono, não vemos uma jaqueta por menos que R$280,00. Detalhe que aqui no Brasil nem temos outono/inverno de verdade, uma jaquetinha de 100,00 já daria conta do nosso frio. Claro que tem gente que vai achar um absurdo o que estou dizendo, que R$280 é dinheiro de troco. Mas queridan, gosto de roupa boa e barata! Sem contar que roupa ultimamente está cada vez pior no quesito qualidade.

DICA FASHION

Ultimamente tenho pensado sobre “troca troca” de roupas. Sabe aquela jaqueta linda que tua amiga não quer mais, ou não serve mais, ou simplesmente enjoou? Faça uma troca com ela por uma peça que você também não curte no seu guarda-roupas. A ideia é também promover um encontrinho com suas amigas e todo mundo levar peças que não usam mais e trocar. Tenho certeza que você não vai gastar e vai ter um pedacinho da sua amiga contigo sempre ❤

Segue as coleções de outono para vocês verem:
Riachuelo
Renner

 

 

 

#Aumentaaí: Playlist da semana

Tenho ouvido muita, mais muita música ultimamente. Ajuda a distrair, você encontra letras maravilhosas e ainda dá uma dançadinha 😉 Então selecionei algumas músicas que viciei essa semana para vocês viciarem comigo, né! ❤

  1. Perfect Places – Lorde
  2. Games – Demi Lovato
  3. Delicate- Taylor Swift
  4. Shout out to my ex – Little Mix
  5. Waiting for Superman – Daughtry
  6. Like That – Bea Miller
  7. Friends – Anne-Marie ft. Marshmello
  8. Wolves – Selena Gomez
  9. Colors – Halsey
  10. IDGAF – Dua Lipa

#Aleatoriedades: Eu não pertenço a lugar algum

Eu estava lá de pé, por horas, olhando a água vir e voltar de um jeito que eu nunca tinha visto antes. Alguns anos depois você entende que nada vai fazer você ficar. Quando você percebe que não pertence a lugar algum, fica difícil tentar achar algum vínculo. Ou desculpa.

Cabeça debaixo da água, um dois três, é fácil estar assim. É fácil ver o mar de perto e imaginar todos os dias ali. É muito fácil quando você percebe que se encontrou em algum lugar. É difícil fazer tudo certo quando você sempre escolhe os motivos errados.

Eu quero ir, quero conhecer, quero experimentar, quero ser. Eu não pertenço a lugar algum. Eu não quero pertencer.